Artigos

A Câmara Municipal do Funchal dinamiza, até dia 31 de agosto, uma plataforma com o objetivo de valorizar e apelar ao consumo no comércio de proximidade. A iniciativa Stock Off Funchal pretende ajudar as 32 lojas aderentes a escoar os seus produtos e promover as boas oportunidades de compra juntos dos possíveis clientes.

A página de facebook “Stock Off Funchal” visa auxiliar os estabelecimentos comerciais do centro histórico da cidade a incrementar as vendas e informar os clientes das marcas e das promoções vigentes.  A campanha conta com 32 lojas segmentadas pelas categorias pronto-a-vestir, sapataria, ótica, estética, ourivesarias e relojoarias, arte e artesanato e comércio alimentar.

Os clientes podem consultar as marcas aderentes em www.facebook.com/stockoffunchal/e as lojas interessadas em aderir à campanha podem submeter a candidatura, através do preenchimento do formulário disponível em: https://forms.gle/TmVKNPfojwwgsBcQ9.

Enquadrada na ação municipal pós-confinamento, e inspirada no marketing digital, a plataforma procura ser um meio de divulgação dos espaços aderentes, dispostos a aderir a promoções que dinamizam o seu negócio, escoam os seus produtos e consequentemente promovem a renovação das suas coleções.

A Câmara Municipal do Funchal, através do Departamento de Economia e Cultura, dinamiza, a partir de hoje, uma plataforma com o objetivo de valorizar e apelar ao consumo no comércio de proximidade. A iniciativa Stock Off Funchal decorre até 31 de agosto e já conta com 30 lojas aderentes.

A página de facebook “Stock Off Funchal” pretende ajudar os estabelecimentos comerciais do centro histórico da cidade a incrementar as vendas e informar os clientes das marcas e das promoções vigentes. Enquadrada na ação municipal pós-confinamento, e inspirada no marketing digital, a plataforma procura ser um meio de divulgação dos espaços aderentes, dispostos a aderir a promoções que dinamizam o seu negócio, escoam os seus produtos e consequentemente promovem a renovação das suas coleções.

Os clientes podem consultar as marcar aderentes, segmentadas por categorias, em www.facebook.com/stockoffunchal. E as lojas interessadas em aderir à campanha podem submeter a candidatura, através do preenchimento do formulário disponível em: https://forms.gle/TmVKNPfojwwgsBcQ9.

A ação do lojista decorrerá no estrito cumprimento da lei no que concerne à prática de saldos e outras promoções. Para esclarecimento de dúvidas o Município disponibiliza ainda o e-mail stockoff@cm-funchal.pt ou o número do Balcão do Investidor 291 211 041.

A Câmara Municipal do Funchal está a desenvolver uma iniciativa destinada aos estabelecimentos comerciais do centro histórico da cidade para ajudar os comerciantes a escoar as suas coleções e a incrementar as vendas. O Stock Off Funchal enquadra-se na ação municipal pós-confinamento com o intuito de promover a dinamizar o comércio local.

O Presidente Miguel Silva Gouveia explica que “a ideia surgiu no seguimento das políticas que a Autarquia tem vindo a implementar de modo a auxiliar os estabelecimentos comerciais que viram as suas vendas suspensas devido ao encerramento forçado, consequência do confinamento social no contexto do surto pandémico. Esta iniciativa municipal, inspirada no marketing digital, materializa-se através da página de facebook Stock Off Funchal, e procura ser um meio de divulgação dos espaços aderentes, dispostos a aderir a promoções que vão dinamizar o seu negócio, escoar os seus produtos e consequentemente promover a renovação das suas coleções”.

As inscrições para as lojas que queiram aderir ao Stock Off Funchal podem ser submetidas, até dia 13 de julho, através do formulário abaixo.

“A todos os estabelecimentos comerciais aderentes será fornecido um autocolante promocional da iniciativa. Esta é mais uma ação do Município que, de forma gratuita, impulsiona o comércio local, que traz mais vida à cidade, sempre salvaguardando a segurança e reforçando a confiança dos que cá vivem e dos que aos poucos voltam a visitar o Funchal. O intuito é que as pessoas voltem a acreditar no comércio local, retomar a afluência de clientes na baixa da cidade e encorajar as pessoas a comprar o que é local dinamizando a economia e a sustentabilidade do Funchal”, reitera o Presidente.

O Stock Off Funchal realiza-se entre os dias 15 de julho e 31 de agosto. A ação do lojista terá de decorrer no estrito cumprimento da lei no que concerne à prática de saldos e outras promoções. Para esclarecimento de dúvidas o Município disponibiliza ainda o e-mail stockoff@cm-funchal.pt ou o número do Balcão do Investidor 291 211 041.

Consulte aqui:

– Perguntas frequentes 

– Formulário de adesão

– Área de abrangência da iniciativa

A Câmara Municipal do Funchal acaba de lançar a 9ª edição da newsletter destinada a todos os potenciais investidores no concelho. A “# FX Investe”, de periodicidade trimestral, dedica-se numa edição especial à Covid-19, às ferramentas, incentivos e apoios criados para ajudar a mitigar os problemas económicos decorrentes da pandemia.

Cada edição tem um destaque próprio, e aborda dicas ao investimento, curiosidades, estatísticas e perguntas frequentes. Dada a conjuntura atual, ao caráter sistémico e a imprevisibilidade do fenómeno, esta 9ª newsletter dedica-se ao impacto que a pandemia do Covid-19 trouxe à economia local e global oferecendo informação tratada e atualizada sobre as diferentes medidas, apoios e outros instrumentos para auxiliar comerciantes e investidores na retoma e reabertura dos estabelecimentos de comércio e serviços.

A edição especial destaca as dicas e medidas de apoio de modo a estimular a modernização e adaptação à nova realidade económica e  responder aos desafios impostos pela Covid-19. A newsletter é enviada a toda a lista de contactos do Balcão do Investidor, que inclui possíveis investidores, comerciantes, agentes culturais e hotelaria, e está disponível no site oficial da CMF e em https://balcaoinvestidor.wixsite.com/fxinveste09.

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, acompanhou o início da entrega de viseiras ao comércio local, promovida pela Autarquia, numa ação que decorreu na Rua Dr. Fernão de Ornelas.

A Autarquia procedeu, esta semana, à entrega das primeiras 250 viseiras, solicitadas, até agora, por cerca de 80 comerciantes funchalenses que se encontram ao serviço, para os respetivos negócios. Os comerciantes interessados devem continuar a solicitá-las através do seguinte formulário: http://tiny.cc/j70voz

Miguel Silva Gouveia recorda que, esta semana, já tinham sido entregues viseiras aos comerciantes dos mercados municipais e enaltece a recetividade encontrada na rua, sublinhando que “o fornecimento destes equipamentos de proteção individual é mais um importante contributo do Município, no sentido de ajudar os comerciantes a cumprirem as determinações da Autoridade de Saúde, o que nesta altura representa um sobre esforço na difícil situação económica que estes estão a atravessar, daí a nossa ação imediata.”

Miguel Silva Gouveia conclui que “desde o início da pandemia, o Município tem criado iniciativas quase todas as semanas, no sentido de apoiar o tecido económico local, tendo já chegado a dezenas de empresários, em múltiplos setores de atividade, com eficácia e um impacto benéfico bastante concreto.” As principais iniciativas podem ser consultadas em https://covid19.cm-funchal.pt/covid-19-empresas/.

A Câmara Municipal do Funchal acaba de lançar o site Made in Funchal, uma plataforma que vai divulgar empreendedores do concelho de variadas áreas, no sentido de apoiar a economia local perante a atual conjuntura socioeconómica.

O site já conta com 36 marcas inscritas e todos os interessados podem preencher o respetivo formulário de adesão, disponível em https://madeinfunchal.wixsite.com/madeinfunchal, procedendo depois ao envio do seu logotipo, para o endereço madeinfunchal@cm-funchal.pt.

Miguel Silva Gouveia explica que este novo site municipal, em jeito de catálogo, “possibilita que o Município divulgue, de forma sistematizada, as marcas dos pequenos empreendedores locais, estimulando assim a venda dos seus produtos e serviços e promovendo parcerias potenciadoras dos negócios em causa, com as quais todos temos a ganhar.”

“A criação desta plataforma é mais uma forma de apoiar os comerciantes face às novas dificuldades que estamos a viver, também devido à suspensão das habituais feiras semanais no Mercado dos Lavradores, e noutros espaços da cidade, onde pequenos empreendedores locais promoviam o seu negócio. Assim sendo, entendemos potenciar uma vez mais as plataformas digitais e as suas mais-valias, que ganharam ainda maior importância nesta fase, quer para divulgação, quer para vendas online, devido ao confinamento social. Disponibilizamos na página todos os canais das marcas, desde logo as respetivas redes sociais, de modo a que os clientes possam entrar de imediato em contacto com os comerciantes”, explica o Presidente, os quais estão divididos pelas categorias alimentação, artigos de bebés, bijuteria, comunicação e artes, lar e decoração, moda e acessórios, saúde e bem-estar e tecnologia.

Miguel Silva Gouveia acrescenta que “desde o início da pandemia, o Município tem criado iniciativas quase todas as semanas, no sentido de apoiar o tecido económico local.” Entre estas contam-se o lançamento da plataforma “Comércio ao Serviço”, a adesão à plataforma nacional “Preserve”, a elaboração de uma minuta de um Plano de Contingência para o setor empresarial do concelho, a Campanha “Comércio do Funchal, Viva!”, e ainda os programas “Mercado em Casa”, “Venda Itinerante” e o “Funchal Cabaz Vital”, que também é lançado esta sexta-feira.

“O site “Made in Funchal” é mais uma afirmação desta estratégia integrada, com objetivos bastante concretos, promovendo o que de bom se faz na nossa cidade, criando uma rede de parcerias e priorizando o consumo dos produtos locais.”