A Câmara Municipal do Funchal apresentou, na semana passada, uma nova plataforma assente num sistema de informação geográfica, com o objetivo de apoiar os comerciantes funchalenses e de informar os munícipes relativamente aos serviços essenciais que estão atualmente em funcionamento na cidade. Esta chama-se “Comércio ao Serviço” e já conta, neste momento, com 50 estabelecimentos inscritos, sendo inteiramente gratuita e de acesso livre. A informação necessária está disponível em https://covid19.cm-funchal.pt/covid-19-empresas/.

Mapa Georreferenciado “Comércio ao Serviço” – https://bit.ly/2R9tnBp
Formulário para registo de estabelecimentos comerciais – https://arcg.is/0KXC51

Miguel Silva Gouveia enaltece “a excelente adesão dos nossos comerciantes a esta plataforma, com meia centena de inscrições no espaço de uma semana, o que prova que esta é uma mais-valia para promover as vendas e mostrar aos cidadãos com que serviços podem contar neste período de grande dificuldade, elucidando a respeito dos bens que fornecem, de que forma o fazem, em que horários e através de que contactos.”

O autarca incentiva “a que ainda mais empresários preencham o formulário e registem os seus estabelecimentos no «Comércio ao Serviço», e aos munícipes que recorram a esta plataforma no momento de adquirirem os bens de que necessitam, sabendo, assim, que comércio está aberto nas suas proximidades, qual a padaria ou o supermercado mais próximo da sua casa, se há serviços takeaway disponíveis, e, por exemplo, se estes fazem entregas ao domicílio, uma ajuda que pode ser crucial numa altura em que as deslocações estão limitadas e a população cumpre o confinamento social exigido.”

Miguel Silva Gouveia conclui que “esta iniciativa é mais um bom resultado da ação que o Município, nomeadamente através do Balcão do Investidor, tem vindo e desenvolver desde o primeiro momento, no sentido de esclarecer os nossos investidores e de promover a sua salvaguarda económica.”