O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, e o Vereador Rúben Abreu, que tem o pelouro dos Recursos Humanos, reuniram, nos Paços do Concelho, com Ricardo Freitas e Leonilde Cassiano, representantes da União Geral dos Trabalhadores – UGT, com vista a abordar as dificuldades que a atual crise pandémica está a criar ao mercado de trabalho.

Miguel Silva Gouveia explica que “mantendo a nossa política de proximidade e de auscultação de todos os parceiros sociais, reunimos desta vez com a UGT, no sentido de perceber, desde logo, que estratégias sindicais têm sido postas em prática, no sentido de apoiar os trabalhadores perante este cenário de dificuldade. Ao mesmo tempo, procurámos aferir as melhores formas de a Autarquia prestar apoio social aos trabalhadores que estão a ser afetados pela crise, sendo que algumas das iniciativas que já temos em prática neste momento estão a ser eficazes e vão ao encontro disso mesmo.”

“Apresentámos também a esta união sindical as medidas que a Câmara Municipal do Funchal tem implementado no sentido de proteger os seus colaboradores, reajustando horários, distribuindo equipamentos de proteção individual e coletiva, e garantido as demais condições de trabalho determinantes para o desempenho das suas funções, afirmando que os serviços essenciais ao funcionamento da nossa cidade continuam a ser desempenhados com todas as condições de segurança necessárias, o que é fundamental para todos.”