A Câmara Municipal do Funchal desenvolveu uma nova plataforma, com o objetivo de apoiar os comerciantes funchalenses e de informar os munícipes relativamente aos serviços essenciais que estão atualmente em funcionamento na cidade. Esta chama-se “Comércio ao Serviço”, é inteiramente gratuita e de acesso livre, e assenta num Sistema de Informação Geográfica, sendo suportada por dispositivos móveis. A informação está já disponível em https://covid19.cm-funchal.pt/covid-19-empresas/.

Mapa Georreferenciado “Comércio ao Serviço” – https://bit.ly/2R9tnBp
Formulário para registo de estabelecimentos comerciais – https://arcg.is/0KXC51

O Presidente Miguel Silva Gouveia explica que “o primeiro passo é que os comerciantes se registem nesta plataforma, passando então a surgir no mapa e a publicitar os serviços ou bens que fornecem neste momento, explicando de que forma o fazem, em quem horários e através de que contactos. Basta, para tal, que estes preencham o formulário para o efeito, promovendo as suas vendas e mostrando aos cidadãos com que comércio e serviços podem contar neste período de grande dificuldade.”

O autarca solicita “o apoio a todos na divulgação, quer entre estabelecimentos comerciais, no sentido de que estes se registem, quer no sentido de sugerir aos munícipes a consulta, pois esta é uma ferramenta que a todos interessa. Os funchalenses passarão, assim, a saber que comércio está aberto nas suas proximidades, qual a padaria ou o supermercado mais próximo da sua casa, se há serviços takeaway disponíveis, e, por exemplo, se estes fazem entregas ao domicílio, o que constituirá uma indiscutível mais-valia numa altura em que é fundamental que as deslocações sejam reduzidas ao mínimo e que as pessoas cumpram o confinamento social exigido.”

Miguel Silva Gouveia enaltece que “o «Comércio ao Serviço» surge no âmbito da ação que o Município, nomeadamente através do Balcão do Investidor, tem vindo e desenvolver desde o primeiro momento, no sentido de facultar toda a informação sobre os apoios e incentivos às empresas e de esclarecer dúvidas” e sublinha, por fim, “a ação empenhada da Câmara Municipal do Funchal, no que diz respeito ao pacote de salvaguarda económica aos empresários do concelho que tem sido posto em prática.”