A Câmara Municipal do Funchal lançou, no início do passado mês de maio, a iniciativa “Funchal, Cabaz Vital”, no sentido de apoiar, com a entrega de bens essenciais, as famílias residentes no concelho que, fruto das dificuldades geradas pela COVID-19, viram reduzidos os seus rendimentos mensais, seja por situação de desemprego ou por condição de lay-off de pelo menos um dos seus membros. Até ao final de agosto, a Autarquia já entregou 3110 cabazes, que representaram um investimento municipal de cerca de 62 mil euros.

O Presidente Miguel Silva Gouveia sublinha que “em menos de quatro meses de implementação, a CMF já apoiou um total de 10.410 pessoas, o que é bastante representativo das dificuldades reais que as nossas famílias já têm vindo a enfrentar nestes primeiros meses de crise socioeconómica. Desde a primeira hora, a missão da Câmara tem sido estar ao lado dos funchalenses, salvaguardando as suas condições de vida e honrando a matriz social que tem pautado até hoje a governação deste Executivo municipal, pelo que registo a importante resposta que este projeto tem sido capaz de dar, no sentido de auxiliar as necessidades básicas das nossas famílias.”

Miguel Silva Gouveia não tem dúvidas de que “com o evoluir da crise, será essencial continuar a assegurar aos funchalenses uma rede de amparo social, permitindo a manutenção de condições de vida condignas, desde a alimentação à habitação, passando pelas condições de saúde e o acesso à educação. O papel de um autarca é de proximidade e envolvimento na comunidade, pelo que estaremos presentes no terreno mais do que nunca, certos de que, independentemente do que o futuro nos reserve, os funchalenses podem contar com o atual Executivo a seu lado para enfrentar as adversidades.”

Os cabazes atribuídos pelo Município são gratuitos e fornecidos a pedido, através do e-mail cabaz@cm-funchal.pt ou do telefone 291 214 083, de 2.ª feira a sábado, entre as 9h e as 12h, sendo que, no ato do pedido, os beneficiários têm de indicar o motivo da perda de rendimento. A entrega é efetuada pelo Município, por ordem de chegada dos pedidos, no período compreendido entre as 12h e as 17h, sendo o transporte igualmente gratuito. A Autarquia entrega, por mês, um cabaz aos agregados familiares até 3 elementos e dois cabazes aos agregados familiares com mais de 3 elementos.

Os cabazes são compostos por fruta e legumes da época, ervas aromáticas e ovos, todos de produção regional, tendo a Autarquia passado a incluir nos mesmos receitas e dicas de conservação dos alimentos, alimentação saudável e redução de desperdícios alimentares, no sentido de prestar informação útil e ajudar os munícipes em todas as frentes.

Miguel Silva Gouveia conclui que “os apoios de cariz social são a prioridade da CMF para responder à crise, pelo que vamos reforçar em breve a nossa capacidade de resposta no âmbito deste programa, continuando a ajudar também a produção regional e a economia local. Numa época tão complexa para a Região e para o mundo, a Câmara Municipal do Funchal manterá a robustez da iniciativa enquanto as necessidades que nos estão a ser reportadas perdurarem.”