O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, anunciou hoje, após a Reunião de Câmara semanal, a criação do programa “Funchal Educa+”, um investimento de 150 mil euros, através do qual a Autarquia vai disponibilizar computadores e ligações de banda larga à internet aos alunos funchalenses cujas famílias não dispõem de equipamentos informáticos.

“Este é um programa que vem garantir oportunidades iguais para todos os funchalenses na área da educação, respondendo às carências que estão identificadas, e que abrangem várias centenas de crianças e jovens, para que não se assista, durante esta crise, à regressão numa das conquistas de Abril, ou seja, uma educação livre e universal.”

A Autarquia conta ter estes equipamentos disponíveis em breve, sendo o programa “Funchal Educa+” financiado pelos recursos orçamentais que seriam aplicados em eventos desportivos e culturais que já não se vão realizar este ano, devido à pandemia de COVID-19. “Os alunos funchalenses dos diversos ciclos de ensino terão, assim, condições para manter as suas atividades letivas nas atuais circunstâncias, com aprendizagem em casa e recurso à telescola e à videoconferência com colegas e professores, o que consideramos essencial.”

Miguel Silva Gouveia também apresentou hoje uma parceria entre a CMF e a Associação Conversa Amiga (ACA), com o intuito de “responder aos efeitos provocados pela solidão durante este período de confinamento, que afeta especialmente pessoas mais idosas e doentes, e que poderão a partir de agora ter acesso a um conjunto de profissionais na área psicossocial, e contar com as suas vozes amigas, disponíveis para conversar e encontrar as melhores estratégias para que os funchalenses lidem com o isolamento. Porque quando conversamos somos mais humanos”, conclui.

A Linha CONVERSE COMIGO Funchal pode ser contactada através do 925 512 848 e funciona de segunda-feira a sábado, das 9h às 13h e das 14h às 18h.