A Câmara Municipal do Funchal vai entregar gratuitamente à população cerca de 50 mil livros que fazem parte do stock municipal, “afirmando a cultura como um bem essencial, mesmo nesta crise de saúde pública que estamos a atravessar”, explica o Presidente Miguel Silva Gouveia. O programa “Livros Pedidos” arranca esta segunda-feira, dia 23 de março.

“Queremos que as pessoas cumpram rigorosamente todas as recomendações da Autoridade de Saúde, e em especial, que reduzam ao máximo possível qualquer saída de casa, pelo que a entrega gratuita de livros é a nossa forma de encorajar essas boas práticas, incentivando a que as pessoas permaneçam nos seus lares, mas agora com mais uma razão para se manterem ocupadas e interessadas. Nada melhor para isso do que fazer uso das atuais circunstâncias para promover ativamente o consumo de literatura.”

Todas as pessoas interessadas deverão, assim, recorrer ao Funchal Alerta, através do endereço https://funchalalerta.cm-funchal.pt/, e fazer o respetivo pedido na Categoria: “Livros Pedidos”, podendo escolher então entre os seguintes géneros: Literatura, Livros Infantis, Desporto, Gastronomia e Arte.

O processo será, a partir daí, gerido pelas Divisões Municipais de Cultura e de Juventude e Desporto, em termos de seleção, embrulho e entrega de volumes em casa das pessoas, um serviço que será assegurado pelos serviços camarários sem quaisquer custos, e de acordo com todas as determinações em vigor de higiene e segurança, nomeadamente, o uso de luvas e máscara em todas as etapas do processo e a desinfeção de equipamentos e veículos.