Ao longo do último mês, a Câmara Municipal do Funchal já entregou livros a mais de 2500 famílias funchalenses, através do programa “Livros Pedidos”, anuncia o Presidente Miguel Silva Gouveia. A iniciativa arrancou no passado dia 23 de março, com o intuito de entregar gratuitamente à população cerca de 50 mil livros que faziam parte do stock municipal e, desde então, “já entregámos milhares de livros às nossas famílias, afirmando a cultura como um bem essencial, mesmo durante a crise de saúde pública que vivemos, tal como nos propusemos desde a primeira hora.”

“Tendo em conta o stock existente, a opção da Autarquia foi de entregar conjuntos ou coleções de livros dentro de cada género, pelo que os funchalenses têm recebido em sua casa múltiplos volumes, por cada uma das 2500 encomendas entregues. Os pedidos continuam a chegar todos os dias e as entregas prosseguem a excelente ritmo, graças ao trabalho abnegado de diversas equipas camarárias e Juntas de Freguesia, às quais muito agradeço. Todos os funchalenses podem, por isso, continuar a fazer pedidos e contar com a literatura para ajudá-los a ultrapassar esta fase difícil para todos.”

Os interessados devem, para o efeito, recorrer ao Funchal Alerta, através do endereço https://funchalalerta.cm-funchal.pt/, e fazer a respetiva encomenda, sem custos, na Categoria: “Livros Pedidos”, podendo escolher entre os seguintes géneros: Literatura, Livros Infantis, Desporto e Arte. A partir daí, basta aguardar alguns dias e receberão os livros em sua casa, num serviço que é assegurado sem quaisquer custos, e de acordo com todas as determinações em vigor de higiene e segurança.