O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, reuniu esta semana, na Sala da Assembleia Municipal, com mais de 70 representantes de clubes e associações desportivas do concelho, no sentido de auscultar os agentes desportivos sobre os apoios aos eventos que foram adiados devido à pandemia.

Miguel Silva Gouveia explicou que as questões abordadas na reunião não foram centradas apenas no apoio financeiro aos eventos que ainda podem ser realizados este ano, mas também no apoio logístico para adaptação das atividades desportivas à nova realidade, “a Câmara Municipal do Funchal está sempre disponível e fará tudo o que estiver ao seu alcance para apoiar e encontrar soluções para que o Desporto regresse, enquanto Cidade Amiga do Desporto a nível nacional, queremos que este regresso se faça em segurança e o quanto antes, pois é evidente a importância do Desporto no desenvolvimento da nossa cidade e também para o quotidiano de cada um de nós”.

O Autarca garantiu que todos os apoios prometidos serão concretizados caso os eventos se realizem, se não forem realizados serão reavaliados, “estamos todos a tentar encontrar soluções para colocar em andamento aquela que era a programação desportiva para este ano, há barreiras mais fáceis de ultrapassar do que outras, até porque há desportos que pela sua natureza conseguimos manter um distanciamento social, outros isso não é possível, mas são essas soluções que procuramos coletivamente encontrar, no sentido de manter uma programação desportiva o mais normal possível”.

A Câmara Municipal do Funchal solicitou ainda aos agentes desportivos, ser informada atempadamente sobre os eventos de estrada que foram adiados para o segundo semestre do ano, “se tentarmos encaixar tudo em meio ano, acaba por ter de existir compromissos, e é nesse lado das soluções que o Município se está também a posicionar, procurando chegar a entendimentos que nos permitam ter no segundo semestre, um programa desportivo que vá, igualmente, ao encontro das expetativas destas entidades desportivas”, concluiu o Presidente.