O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, anunciou hoje, após a habitual Reunião de Câmara semanal, que a Câmara Municipal do Funchal já tem em vigor um Plano de Contingência para prevenção do novo vírus COVID-19.

Miguel Silva Gouveia explicou que “todos os nossos funcionários já foram sensibilizados para a existência deste plano, e para a adoção de novas práticas de etiqueta social, de higiene, e também para a alteração de alguns procedimentos de segurança e limpeza, nomeadamente com as empresas que trabalham connosco a esse nível, no sentido de intensificarem essas ações, indo ao encontro daquelas que são as recomendações da Direção Geral de Saúde e dos despachos que estão emanados pelo Governo da República nesse sentido”.

A Autarquia neste momento tem o plano vigente que já foi submetido para o Instituto de Administração da Saúde e Assuntos Sociais – IASAÚDE, e para a Direção-Geral de Saúde – DGS, e está a cumprir todas as recomendações da autoridade de saúde pública, enviando “um conjunto de sugestões para percebermos quais aquelas que devem ser tomadas, nomeadamente nos espaços municipais”.

“Sabemos que hoje de manhã houve uma reunião do Governo Regional com a autoridade de saúde regional, e à noite, o Governo da República irá apresentar mais medidas no âmbito desta contenção do vírus, uma vez que estamos em fases diferentes no país, e a Câmara Municipal do Funchal irá cumprir escrupulosamente aquelas que forem as indicações das autoridades de saúde, seja nacional, seja regional”, disse o Autarca.

O Presidente referiu que é importante tomar decisões racionais, no sentido de “não contribuir para criar alarme social, mas ao mesmo tempo estarmos focados e empenhados em conter a propagação do vírus, tomando as medidas necessárias para proteger os nossos trabalhadores, os nossos munícipes, os cidadãos que aqui trabalham, e todos aqueles que visitam a cidade do Funchal”, concluiu.